Como o SEO pode ajudar o seu site a ficar nas primeiras páginas do Google

Como o SEO pode ajudar o seu site a ficar nas primeiras páginas do Google

Você sabia que atualmente 90% dos processos de compra iniciam no ambiente digital? Assim, estar presente na Internet e desenvolver estratégias de marketing digital não é apenas recomendável, mas essencial para qualquer empresa ser competitiva e conquistar novos clientes.

No entanto, diversas empresas já estão cientes disso, o que torna a concorrência pela atenção do cliente e pelas primeiras posições nos sites de busca ainda maior. Nesse cenário, como destacar a sua empresa?

Para isso, utilizar as técnicas de SEO (Search Engine Optimization, ou otimização de motores de busca) é fundamental.

De acordo com dados, 55% do tráfego de sites brasileiros é gerado pelo Google e outras ferramentas de busca. Por isso, é importante saber como se dá a relação do ranqueamento no Google com as práticas de SEO. Confira mais a seguir!

Como funciona a ordem de links em uma busca do Google?

Os resultados surgidos por meio de uma pesquisa do Google – chamados de resultados orgânicos – são exibidos na tela central da página. Localizados após os anúncios pagos (links patrocinados), o Google exibe, por padrão, as 10 ocorrências mais relevantes de acordo com seu algoritmo. O link posicionado no topo representa 33% do tráfego total do site, em média. Já o segundo link representa 18% em média de acessos e a taxa diminui rapidamente para as demais posições.

Embora os algoritmos do Google busquem o número máximo de sites relevantes ao termo de busca, raramente os visitantes passam da primeira página. A tendência é de que 75% dos usuários não passem da primeira página.

Por isso, a busca orgânica é uma estratégia essencial para que sites e blogs tenham um retorno maior em relação ao investimento feito em marketing digital. Ações de marketing de conteúdo dependem de uma boa estratégia de SEO para que tenham um bom posicionamento.

Como o SEO garante as melhores posições no Google?

Ficar nas primeiras páginas do Google é resultado de qualidade e relevância. Desde 2011, o algoritmo de indexação do Google foi atualizado para o usuário encontrar o conteúdo com a melhor qualidade e relevância possível, evitando abusos no sistema.

Portanto, é importante que todas as práticas de SEO reflitam a qualidade de seu site. Quanto melhor for a qualidade do conteúdo, maior a relevância e autoridade de seu site, o que garante um posicionamento melhor.

A otimização do SEO permite que seu site se torne mais atrativo e tenha um ranqueamento melhor no sistema de busca do Google. O uso de palavras-chave em títulos e endereços, por exemplo, é uma prática comum para que seu conteúdo tenha uma boa indexação e, por consequência, se destaque.

Práticas de SEO agem tanto na superfície de conteúdo de seu site quanto no código-fonte e na arquitetura do site. Ou seja, é essencial que o SEO possa estar integrado a todos os aspectos de sua estratégia. Do código-fonte até as publicações de mídias sociais, tudo faz com que a presença digital de seu site aumente e se consolide.

Considerações finais

Uma estratégia de SEO é formada de ações que buscam um compromisso no longo prazo. Seu site ficar nas primeiras páginas do Google é consequência de um trabalho bem estruturado. Tudo que o SEO faz é validar isso de forma que o algoritmo saiba o que seu site gera para seu público ideal.

Para que o SEO seja uma ferramenta estratégica de posicionamento, é preciso identificar as características principais de seu site. Ferramentas de análise de métricas, personas, ações de mídia social, webdesign bem estruturado… muitos são os fatores e caminhos. No entanto, para que seu site tenha uma posição de destaque em buscas orgânicas, é importante que o SEO esteja presente em todos os pontos.

Deixe uma resposta

Fechar Menu

Utilizamos seus dados para analisar e personalizar nossos conteúdos e anúncios durante a sua navegação em nossa plataforma e em serviços de terceiros parceiros. Ao navegar pelo site, você autoriza a SiteSpot a coletar tais informações e utilizá-las para estas finalidades. Em caso de dúvidas, acesse nossa Política de Privacidade.