Como configurar o Google Analytics?

Ter o controle dos dados gerados em seu site é indispensável para sua estratégia de marketing digital. Por conta disso, o uso do Google Analytics deve ser uma ferramenta constante em seu monitoramento.

No entanto, para que sua estratégia possa extrair o máximo possível dos dados gerados pela ferramenta, é necessário configurá-lo corretamente. Diversos dados e funções podem estar sendo negligenciados agora mesmo sem uma boa estratégia – e isso não é nada bom para os seus negócios!

Portanto, descubra, a seguir, os passos necessários para configurar o Google Analytics e torná-lo um componente indispensável para seus resultados. Confira!

A importância do Google Analytics em sua estratégia

A ferramenta Google Analytics é oferecida gratuitamente pela Google para o monitoramento de sites. Por meio de um código enxuto em sua página, já é possível localizar o tráfego gerado por seu público. Além de monitorar a quantidade de acessos, é possível rastrear dados como navegador, dispositivo e horários de pico.

Configurar o Google Analytics corretamente permite que sua empresa esteja atenta a cada movimento de seu público-alvo – isto é, de sua persona. Ao analisar o tráfego, é possível que possam existir funcionalidades dessa ferramenta ainda não exploradas por sua marca. Por isso, vale a pena conferir cada uma das diferentes opções disponibilizadas.

Geração do código de acompanhamento

O primeiro e mais básico passo ao configurar o Google Analytics é gerar o código de acompanhamento. Sempre que um novo site precisa ser administrado pela ferramenta, é preciso inscrever a página. O processo parte de um formulário simples, incluindo nome do site, URL, fuso-horário e permissão de dados rastreáveis pelo Google Analytics.

Preenchido o formulário, o código é gerado, podendo ser colocado diretamente no código HTML do site a ser monitorado. O código deve ser colocado em todas as páginas de seu site, antes da tag de fechamento.

Como configurar o Google Analytics? PostSpot

É importante lembrar de que, uma vez inserido o código, há um prazo de 24 horas para que ele comece a coletar os dados.

Como configurar permissões de usuários

Caso você precise que outras pessoas utilizem o Google Analytics, é possível configurar seu acesso. Na opção “Administrador”, é possível selecionar as contas que têm permissão para utilizar o Google Analytics em “Gerenciamento de Usuários”.

Dimensões primárias e secundárias

Uma função básica, porém importante de ser explorada no Google Analytics, é a das dimensões primárias e secundárias. As dimensões primárias são os principais parâmetros a serem analisados. Em “página”, por exemplo, é possível visualizar métricas de desempenho como tempo médio, número de visitantes, etc.

As dimensões secundárias permitem que você aprofunde sua análise. Dentro de “página”, por exemplo, você pode ter a página “/blog”. Nela, há a dimensão secundária “tipo de tráfego” (orgânico, referência, social, etc).

Configuração de metas e funis de conversão

Pode-se estabelecer indicadores de metas no Google Analytics. Assim, é possível personalizar sua dashboard (painel de controle) para determinar os parâmetros principais para atingir seus objetivos. As metas a serem definidas podem ser de:

  • Destino – conversão após acessar uma URL específica.
  • Duração: conversão após uma sessão de determinada duração. Útil para o monitoramento de blogs e páginas com muito conteúdo.
  • Páginas/telas por sessão: mostra o número de páginas navegadas em uma sessão por usuário.
  • Evento: meta útil para marketing de conteúdo e também mídia paga, com a integração do AdWords. Permite definir uma meta a partir de qualquer ação do usuário. Essa ação pode ser assistir a um vídeo, por exemplo, ou clicar em um botão de download.

Ao configurar as metas de conversão, é possível criar “Funis de Conversão”. Em “Detalhes da Meta” (Goal Details), é possível estabelecer um funil para monitoramento. Em uma meta de destino, é possível monitorar quantas pessoas preencheram um formulário para um newsletter, por exemplo.

Plugins de integração entre WordPress e Google Analytics

Caso seu site esteja em uma plataforma WordPress, é possível instalar plugins que auxiliem em sua instalação ao configurar o Google Analytics. Um dos mais famosos é o Google Analyticator, que permite a visualização dos dados do GA internamente no painel de controle do WordPress.

Como configurar o Google Analytics para seu e-commerce

Caso você tenha uma loja virtual, saiba que é possível gerar um código de rastreamento diferenciado. Em “Administrador”, é possível acessar a opção na coluna de dados “Configurações de Ecommerce”.

A diferença desse código são as tags específicas que geram métricas e indicadores-chave específicos para seu e-commerce. Ao configurar o Google Analytics dessa forma, atividades como itens da sua loja virtual sendo comprados podem ser vistos de forma geral.

Google AdWords e Analytics

Além de métricas do site, é possível conectar sua conta do Google Adwords com a do Google Analytics. Assim, é possível analisar os dados de desempenho específicos de sua campanha no AdWords.

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Utilizamos seus dados para analisar e personalizar nossos conteúdos e anúncios durante a sua navegação em nossa plataforma e em serviços de terceiros parceiros. Ao navegar pelo site, você autoriza a SiteSpot a coletar tais informações e utilizá-las para estas finalidades. Em caso de dúvidas, acesse nossa Política de Privacidade.

Open chat
Precisa de ajuda?